: :: TRIAL LOUZAN AVENTUR 4x4 - Porriño - ESPANHA

: :: DATA: 2 DE NOVEMBRO 2008 »» 1ª Experiencia

Com apoio de:

Média/Partners:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

: :: Troféu Ibérico Trial 4x4 / Louzan Aventur 4x4
Stand Emanuel Costa brilha em dia de festa

Televisión de Galicia - GALICIA RAS - Reportagem Video

 

Emanuel Costa e Nuno Araújo venceram a terceira e derradeira jornada do Troféu Ibérico de Trial 4x4 que se realizou em Porriño/Espanha. O Trial Louzán Aventur 4x4 terminou em festa numa excelente campanha do bom e competitivo Trial 4x4, com um pódio totalmente português.

Depois de Lousada e Stª Maria da Feira (S.João de Ver) a competição conheceu a tão desejada prova internacional, deixando boas indicações em terra sem tradições na modalidade.

A “Louzan Aventur 4x4” proporcionou aos participantes portugueses e espanhóis uma brilhante jornada Ibérica num palco impar para a modalidade, com as necessárias condições para a competição.

O “anfiteatro” de Porriño deixou marcas positivas entre a caravana que não defraudou a brilhante moldura humana que se deslocou a terras de “nuestros hermanos” com a língua de Camões a predominar entre as equipas participantes e a assistência.


Depois de vencer em Santa Maria da Feira, o Stand Emanuel Costa justificou a liderança no Troféu e venceu com total naturalidade, levando consigo para o pódio a Ventilações Moura e a Inersel (vencedora da jornada inaugural em Lousada). A prova arrancou com duas horas reservadas aos treinos cronometrados durante a manhã, com a Command.com/Apollo a obter a “pole position”, tendo a seu lado o Stand Emanuel Costa. Após o almoço, as equipas perfilaram-se na grelha de partida e, no arranque seria o Toyota de Alexandre Pereira a ser mais eficazes, mantendo a posição de líder, mas, por poucos metros. Seria a Inersel (Marco Oliveira e Ângelo Vieira) a surpreender e a assumir a “cabeça” da prova com sucessivas trocas de lugar com o Stand Emanuel Costa. À passagem da primeira hora todo o pelotão mantinha um andamento muito equilibrado com duas voltas à pista composta por vários obstáculos, todos eles naturais, variando entre rocha e terra batida com pedras e lama, apenas Emanuel Costa e Inersel passavam a barreira das 3 voltas. O Wrangler da Terrasfalto dava sinais de “fraqueza” e acabaria por ver ceder a cruzeta do semieixo, contabilizando a segunda baixa, depois da Mo-Decor não arrancar com problemas de embraiagem. Meia hora depois, desfazia-se a dupla que liderou no decorrer da hora inicial, juntando-se ao Stand Emanuel com 5 voltas o Team Biclas. A Inersel viu-se forçada a passar pelas boxes com problemas mecânicos e um furo, baixando para a terceira posição, numa luta com a Quintanillas IV, Ventilações Moura, Moveis Vasco, Command.com, José Costa Team, Morcela Off Road, PJ Automóveis, Quintanillas I, Drag Race TT e Quintanillas V: todas com 4 voltas e muito próximas entre si.
Os sucessivos “bloqueios” nos obstáculos mais morosos – obrigando ao uso do guincho, originavam o “reagrupamento” da caravana, com s equipas mais lentas a aproveitarem para se aproximarem das mais impetuosas.


Com uma hora para o término da prova, Stand Emanuel mantinha o comando e, só mesmo um imprevisto tiraria a um dos principais candidatos a vitória na jornada espanhola. Para além do piloto de Penafiel, mais três equipas contabilizavam sete voltas: Biclas, Quintaniullas IV e Ventilações Moura. A Inersel e Command.com/Apollo, atrasavam-se na classificação. A primeira com mais dois furos e, a segunda a protagonizar um aparatoso capotanço sem danos físicos para os pilotos. Tudo estabilizado, para a derradeira meia hora, surgiram algumas surpresas menos esperadas, ou então, o mérito da persistência e eficácia de quem lutava por algo mais. Aí, surgiu Gustavo Moura e César Carneiro (Land Rover Defender), numa prova de trás para a frente a fixar-se na segunda posição e, quebrando a hegemonia dos “Patroi’s”. A jovem e estreante “Morcela Off Road” subia até à quarta posição numa prova muito regular e equilibrada, apenas cedendo na derradeira meia hora para a Inersel que subia ao terceiro lugar por troca com a dupla espanhola Raul Regueda/José Canosa (Quintanilla IV).


Com o abanar da bandeirada xadrez dava-se por concluído o “Trial Louzán Aventur 4x4” com o pódio totalmente português, ocupado por Stand Emanuel Costa com um total de 12 voltas, seguido pela Ventilações Moura/Sermagal, com 11 voltas e, o derradeiro lugar do pódio a ser ocupado já na recta final pela Inersel com o mesmo número de voltas, mas mais 3 minutos. Quarta posição para a melhor equipa da “casa” a deixar em fúria os aficionados espanhóis – Quintanillas IV, com 10 voltas. Ainda dentro deste número em rol de equipas, até ao decimo primeiro, reservado ao Team Biclas – depois de um problema com a ventoinha do Patrol. Mesmo perdendo as duas voltas iniciais devido a problemas com a bomba de água no arranque – partia da quarta posição, a PJ Automóveis chegou ao sexto lugar final, numa recuperação perfeita e de grande espectáculo para o público.


Muita adrenalina foi “espalhada” pelas equipas nacionais na pista do “Louzan Aventur 4x4” em Porriño com as velozes máquinas e bem equipadas máquinas portuguesas a levarem de vencido o “duelo” com as mais técnicas espanholas. Um duelo Ibérico com a vantagem a cair claramente para as hostes lusas. Espera-se agora por novidades para a próxima edição de 2009, com “mais uma prova e no mesmo molde deste ano”.

 :: Documentos

Classificação Final

Treinos oficiais

Lista de Participantes

Lista de Inscritos

:: Ver mais fotos

 © Copyright by Diant